segunda-feira, abril 03, 2017

Gay é amigo hétero são agredidos em casa Noturna na Rua das Figueiras na Cidade de Santo André.



Como um fim de semana comum deveria ser de muita alegria,Lucas e seus amigos gays decidem ir ao aniversário de uma amiga em uma das Baladas, da  tão famosa Rua das Figueiras na Cidade de Santo André, na qual tem uma das melhores casas noturnas da região, mas um despreparo enorme em receber a População LGBT.


 "No ultimo dia 1º de Abril de 2017, no Casa Noturna MONTE FIGUEIRAS, 1217 começam a se divertir e a dançar porque foram em um aniversário de uma amiga, quando por volta das 2 horas da manhã , estávamos em um  grupo de amigos aproximadamente 10 pessoas, bem num canto para nossa diversão, quando o segurança abordou um dos amigos e disse que não era permitido um gay se tocar abraçar e se beijar naquele local. Lucas ao perceber se aproximou-se do Leandro que estava beijando um garoto, ao perguntar o que aconteceu, ele disse que não era permitido "gay se beijar, se tocar", ai sairão próximos do segurança e foram para o meio da balada. perceberam que  jogaram bebidas alcoólicas neles, e ai ao avistar o segurança, foi decidido falar com "a gerente" , ela cedeu pulseiras ao mezanino, ao chegar ao mezanino porque como todos sabiam que eram gays viraram chacotas e motivos de risos motivados pelos seguranças...... quando o  Leandro se sentiu-se mal decidiu e ir embora, chorando, quando um amigo chamado Everton Heterossexual,  perguntou o porque vão  sair da balada,.... fomos ofendidos por sermos homossexuais..... e ai o Everton queria o nome dos segurança, porque precisava denunciar isto, era um absurdo. O Segurança  disse que le era policia e começou a nos ameaçar e nos ofender,  ai o Lucas decidiu dialogar, calma não vamos brigar,  para não ter violência so queria o  nome do segurança para denunciar. Viramos as costas para ir embora   descendo veio dois seguranças para cima do Lucas e começou o espancamento, 4 em cima do Everton que tentou defender os amigos homossexuais depois do espancamento,  Lucas  e Everton .Depois deste episodio foram a delegacia super bem atendidos pela delegada do 4º DP. e vão fazer exame de corpo delito e vão dar os devidos encaminhamentos jurídicos, pelo departamento Jurídico da Ong ABCD'S.

Everton amigo heterossexual espancado por defender os amigos  

No Momento a ong ABCD'S esta coletando informações, verificando todas as provas mais um dos casos de denuncia de Homofobia que recebemos dos Bares e Casas Noturnas da rua das Figueiras um forte desconhecimento sobre a Lei 10.948-01.

Temos que relatar que houve uma forte sensibilidade vindo da parte da gerente, que no minimo os tratou bem, onde a mesma depois do despreparo dos segurança em fazer uma abordagem absurda, ainda tem a sensibilidade de oferecer simplesmente a PULSEIRA  para se dirigir ao Camarote. Em seguida ao sair são agredidos espancados pelos seguranças.

Finalizando a maioria das Casas noturnas e Bares pensam apanhou, foi agredido resolvemos toma entrada VIPS, ou dizem desculpa pelo ocorrido podem ficar no Mezanino, Camarote, podem ter cortesia na entrada na bebida, estes são os absurdos oferecidos. O que simplesmente queremos e ser tratados como iguais, direito de ir e vir em todos os locais, Porque a cicatriz da homofobia não se apaga com VIPS etc.... Importante frisar, que a grande maioria das casas noturnas da Rua das Figueiras, mais de uma década com a existência de movimento social LGBT, nunca contactou para solicitar matérias explicativos, palestras ou orientações sobre o tratamento a população LGBT.
Desde quando temos que ter permissão para se tocar ou beijar, agora existe uma Lei que obriga a ter casas noturnas intolerantes, somente com a permissão da População Heterossexual , estes abusos e absurdos vão acabar hoje na Cidade de Santo André, ou estas casas noturnas e bares todos devem ser acionados pela Lei 10.948-01.

Absurdamente existe casas Noturnas que decidem especificamente ter festas Gays, nem são LGBT para toda a população,

Porque as Travestis,  Mulheres Transexuais e Homens Trans não são bem vindos, somente olham o olhar financeiro deste dia, como realizar uma festa Prive nas segundas feiras ou outro dia da semana, evidente que vai ter publico pela enorme carência de espaços para a População LGBT da região,  

Para verificar é facil qual delas tem algum cartaz ou informativo a respeito da População LGBT,. sobre o conhecimento  da Lei 10.948-01 - importante informar que no dia 29 de Janeiro de 2017 - foi lançado na Cidade de Santo André o Selo da Visibilidade Trans (Este local respeita os direitos da População Trans) nenhum dos Bares ou casas noturna consta este selo.

Informações:
Fixo :011-2831-1641
Whatsapp: 011- 9 8567-5530

 

Nenhum comentário: